Harper’s Island – 1×12: Gasp/ 1×13: Sigh (Series Finale)

harpers1

Atenção: Spoilers Abaixo

Há treze semanas, muitos começaram a tentar descobrir quem era o assassino de Harper’s Island e quem sairia vivo da ilha da morte. Muitos se assustaram com reviravoltas e sofreram com as mortes de suas personagens favoritas. Agora, chegamos ao final, e apenas quatro pessoas sobreviveram ao terrível ataque de John Wakefield e seu filho.

No começo do primeiro episódio, as suspeitas quanto a Jimmy vão crescendo enquanto ele e Trish vão atrás de um suposto barco. Sully e Danny finalmente capturam Wakefield, e Abby, como uma garota muito moral (e burra) o deixa inconsciente para que possa ser preso na delegacia da ilha.

Todos estão reunidos na delegacia, menos Trish e Jimmy. O grupo percebe que há um traidor entre eles e, após relembrar alguns momentos, chegam a conclusão que é o Jimmy. Se alguém tinha alguma dúvida se ele era ou não o segundo assassino, essa era a hora de jogar a teoria para o espaço.

A série pode ter várias falhas, mas não é óbvia. Abby vai falar pela primeira vez com Wakefield, em um clima todo “Silêncio dos inocentes”. Da conversa não saiu nada que não soubéssemos. “Minha mãe amava meu pai”, “Por que ela nunca falou do nosso filho?”, “Talvez não haja um filho”, “Eu o encontrei”.

Abby, Henry, Jimmy e Sully partem em busca da Trish que caiu do penhasco. Nessa parte acontecem várias coisas: vemos que Trish realmente caiu do penhasco de boba e acaba achando um rádio; Wakefield se liberta da prisão; e é deixado claro que a bizarra Madison não fazia parte de qualquer plano maléfico, a coitada só era bem burrinha mesmo.

Danny até que lutou bem, mas como resultado de uma luta mano-a-mano com o Sr.W, ele é morto. Henry e Trish voltam ao hotel para que ela tome banho. Trish coloca seu vestido de casamento e ele, heroicamente, vai checar se há alguém rondando o hotel. Shea e Madison escapam de Wakefield e correm até o lugar que Sully e o rádio estão.

Depois de fugir do psicopata e correr pela floresta, Trish se encontra com Henry, que finalmente revela suas verdadeiras intenções (ééé \o/). Achei ótimas as cenas da Trish correndo com seu vestido de noiva. Seu fim foi até bem poético, assassinada em seu vestido branco por seu noivo.

Depois de Cal e Chloe, foi a morte que eu mais senti. As referências a filmes de terror não param, bem coisa de assassino contar seu plano antes de matar a vítima, né?

Com a revelação feita, vamos para os últimos quarenta minutos. E não poderia começar diferente: Abby e Henry há dezesseis anos. Eles estão brincando e quando os pais do garoto o chamam para ir embora, eles correm para fora de casa e Abby lhe diz algo no ouvido. Algo que ele nunca esquecerá.

A polícia do continente foi avisada, e está a caminho. Com a ajuda de Sully, Shea e Madison saem da ilha. Henry se encontra com Sully e os dois supostamente vão procurar a pobre noiva. Mais uma vez, o assassino-filho fala sobre seu plano, e bye bye Cris Sullivan.

Henry se junta com Abby e Jimmy e todos vão para a igreja. Wakefield ataca Jimmy e Abby sai correndo para tentar sinalizar o helicóptero que está os sobrevoando. Henry vai atrás dela, que conecta os pontos e descobre que seu melhor amigo é um sociopata assassino. Ele mata John Wakefield e a deixa inconsciente (tanta gente tentando matá-lo de tudo que é jeito e ele morre com uma faquinha no peito…que anticlímax).

Na delegacia fora da ilha, Shea e Madison descobrem que elas são as únicas sobreviventes da chacina e que os outros morreram em um incêndio na igreja. Mas isso não passava de mais um plano de Henry, que levou Abby até uma casa isolada na ilha.

Ela acorda (só com a roupa de baixo) e se depara com um meio-irmão louco que quer começar uma vida nova com ela. Como não poderia faltar, Henry conta para Abby (e para os telespectadores) como Wakefield o achou e como ele virou um assassino. Em uma tentativa de fuga, Abby encontra Jimmy amarrado.

O plano era perfeito. Jimmy faria um depoimento dizendo que ele ajudou Wakefield na matança (porque Shea sabia de um segundo assassino) e Henry e Abby viveriam felizes para sempre.

Infelizmente para Henry, Abby o ataca e foge, deixando para Jimmy um meio para escapar. Eles correm até a beira de um penhasco e, depois de um “I don’t want you!” da parte de Abby, Jimmy aparece e se joga junto com Henry penhasco abaixo. Incrivelmente depois da queda, Jimmy está vivo e Abby finalmente mata Henry.

O show não era genial, mas com certeza vai fazer falta durante a semana. Gostei do final, principalmente quando Henry leva Abby para aquela casa, e acho que foi um fim bom suficiente para a série. Adorei o Henry como um louco sociopata. Me diverti com ele e a sua ilusão de ter uma vida com a Abby. Fiquei desapontada que Shea e Madison conseguiram sobreviver. O Cal e a Chloe que deveriam ter saído da ilha. “Mas a Madison era apenas uma criança”. Grande coisa, uma criança burra e bizarra, sem contar que ela vai ser traumatizada o resto da vida.

Os depoimentos em vídeo finais foram perfeitos. Harper’s Island vai deixar saudades. Obrigada a todos que acompanharam os reviews, e quem sabe a gente não se encontra em alguma outra série de mistério.

harpers-island-1x131

“One by one”

Anúncios

One Response to Harper’s Island – 1×12: Gasp/ 1×13: Sigh (Series Finale)

  1. Bruno disse:

    Clap,clap..palmas…olha obg foi dificil achar um site que contace a serie.so nao dou 10 p vc pois vc da muita opiniao e as veses esqece d conta o fato ,mas mesmo asim foi bom…vlw

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: