Segundas de Amendoim

Atenção: Spoilers Abaixo

The Big Bang Theory 3×14: The Einstein Approximation

O que acontece quando aquele que possui respostas para tudo se depara com uma questão aparentemente sem solução?  Simples, ele enlouquece. Sheldon tenta de tudo para conseguir sua resposta; desde ver seu trabalho como uma imagem periférica transitória até trabalhar no Cheesecake Factory, passando por uma visualização dos átomos de carbono dentro de uma piscina de bolinhas. Nesse episódio, Sheldon chegou a um novo nível de bizarro– ótimo para quem estava assistindo, mas suponho que Penny e Leonard não tenham se divertido muito. Fiquei meio desapontada porque achei que teríamos mais cenas envolvendo Penny e Sheldon no Cheesecake Factory, mas as poucas que apareceram foram boas. Leonard, Howard e Rajesh podem dançar o quanto quiserem sobre patins, mas esse episódio pertenceu ao grande Sheldon. E fica o pensamento do dia: quero uma piscina de bolinhas…Bazinga!

House – 6×12: Moving the Chains

Primeiro tivemos uma paciente psicopata, agora vimos um gigante – em todos os sentidos (sério, fiquei com medo). Enquanto a equipe tentava descobrir o que tinha de errado com o jogador de futebol americano, Foreman teve que lidar com seu irmão recém saído da prisão, e empregado por House. Essa trama ficou como o fator emocional do episódio, o que seria uma ótima idéia, se Eric não fosse tão chato. Adoro quando as ações de House se revelam benéficas, mas quando isso acontece com Eric, quando ele entra em contato com o lado sentimental, pra mim não funciona. O diagnóstico do caso resultou em câncer de pele, o que foi razoavelmente legal. Mas acho que o melhor da história ficou com as brincadeiras feitas a Wilson e Greg. Wilson achou um gambá na banheira, House caiu na banheira, e ambos perderam a televisão. Quem estava aprontando com os companheiros de quarto era Lucas, que ainda se sente ameaçado pelo sarcástico médico. E na minha opinião, realmente deveria.

How I Met Your Mother – 5×14: The Perfect Week

Não tive cãimbras na bochecha de tanto dar risada nesse episódio, mas foi engraçadinho. Eu adoro o casal Lilly/Marshall, mesmo nas suas esquizitices. Mas tenho que admitir que eles se superaram quanto a escova de dente (que aliás, foi extendida para Robin e Ted…). Barney, que mal apareceu no episódio passado, resolveu lidar com sua situação “quase demitido” tentando fechar o jogo perfeito, a semana perfeita. Embora essa tenha sido a trama principal do episódio, não achei grande coisa. Apenas Barney agindo como Barney – e conseguindo completar sua missão com a ajuda de seus amigos. Agora, o que realmente me deixa triste é a personagem de Cobie Smulders. Durante todas as temporadas, Robin foi minha favorita. Mas atualmente ela está meio desaparecia e, me atrevo a dizer, um pouco chatinha. Não, não tive cãimbras na bochecha de tanto dar risada, mas aprendi a checar se aquele nome aparentemente falso realmente é falso antes de fazer piadas sobre ele. Tadinha da japinha…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: