Quintas de Baunilha

Spoiler Alert!

Fringe – 2×16: Peter

Flashbacks sempre são divertidos, e Fringe novamente leva um conceito a um novo nível. O episódio me ganhou logo no começo, quando Walter aparece todo bonitão com um cabelo estiloso. Ele está numa reunião em 1985 com os militares, mostrando a descoberta do universo alternativo e suas tecnologias. William Bell não se encontra na reunião porque está na Europa (se preparando para atuar em Star Trek IV: A volta para casa). Esse é o ponto de inicío da história que Walter conta a Olivia; a história de como o “outro” Peter passou para o nosso mundo, mesmo que a proposta inicial não fosse essa.
Quando Peter ficou doente, Walter observou Walternativo em busca de uma cura. Infelizmente, o Peter da nossa realidade estava fraco demais, e morreu antes da cura ser descoberta. Walter tenta seguir em frente, e sua esperança é que Walternativo consiga salvar o filho restante. É nessa hora que o Observador bobão estraga tudo, sendo descoberto no laboratório e fazendo com que Walternativo não veja que seu experimento deu certo. No entanto, Walter vê o resultado, e decide atravessar para o outro mundo com a cura.
Nina e Carla tentaram impedir Walter, mas o rasgo na barreira é feito e Nina perde sua mão. O frasco com o composto é quebrado, e ele é forçado a trazer Peter para seu mundo. A travessia de volta é feita, e Peter deixa a realidade onde Elizabeth é mais independente e aparentemente bem sucedida e que De Volta para o Futuro foi protagonizado por Eric Stoltz. Mas toda a energia absorvida pelo lago deixa o gelo fino, e ambos caem na água. Esse é o evento que tanto foi contado na temporada anterior, em que o Observador interfere na história e salva os Bishops (o Observador faz aquele lance de falar junto para mostrar superioridade ou só para ser irritante mesmo?). Uma vez que Peter está curado, Walter pretende levá-lo de volta, mas a expressão nos olhos de sua esposa revela seu próprio sentimento: Ele não irá perder seu filho pela segunda vez.
É, Karl Marx estava certo ao dizer que o caminho do inferno está pavimentado de boas ações.

Vai um Slusho?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: