Warehouse 13 – 2×02: Mild Mannered

Agora que McPherson entrou na luz (mais ou menos) e H.G. Wells continua foragida, a vida no Warehouse volta ao normal. Claro, considerando que normal signifique bandidos sendo jogador através de paredes de tijolos, alterações em densidades corporais e um homem vestindo uma roupa roxa de lycra.

Spoiler Alert!

Se o episódio já não fosse incrível pelas altas referências a super heróis e histórias em quadrinhos, ainda temos Jewel Staite e Sean Maher como convidados especiais (posso ouvir um “yeah” dos fãs de Firefly?).

Enquanto Claudia e Leena reforçavam a vigilância do Warehouse e tentavam resolver a discussão do roubo de identidade, Artie lutava contra as aparições de McPherson. Em Detroit, Myka e Pete investigavam quem estava com o artefato que dava “super poderes” ao seu portador. No final, Claudia vai a Detroit para ajudar a equipe Pete/Myka – com a aprovação de Artie (ou como ela lindamente explicou “Argharghargh Go! Go! Argharghargh”). Alguns artefatos misturados com a “tecnologia original Donovan” tornam Myka uma super heroína (só porque o “uniforme” poderia causar impotência em Pete) e, mesmo com alguns probleminhas (tipo quase criar algo parecido com um buraco negro que sugaria tudo e todos ao seu redor), a equipe consegue isolar o artefato e devolver a Sheldon sua vida normal para ficar junto com Loretta (ótima trama para os que adoravam o casal Kaylee/Simon, certo?). Ah sim, Claudia e Leena resolvem suas diferenças, assim como Artie e o McPherson aparição. Um final feliz para quase todos, uma vez que Leena está sofrendo de possíveis resíduos deixados pela “pérola da sabedoria”.

Também foi divertido ver Myka feliz com suas coisas antigas e Pete super animado com suas coisas novas (principalmente pela edição 46 da HQ do Iron Shadow).  Aposto que Myka teve que sair com aquele cara tatuado de Detroit para conseguir a edição.

P.S. É claro que o místico Rasputin tinha alguma coisa a ver com o Warehouse (bem, não ele diretamente). O cara é totalmente material do Warehouse!

Recap também disponível em inglês no Spoiler TV

Anúncios

4 Responses to Warehouse 13 – 2×02: Mild Mannered

  1. Aécio Rocha disse:

    Ótimo episódio, pra mim esse é de longe um dos meus preferidos de toda a série. Acho que essa segunda temporada tá caminhando muito bem, evitando alguns erros do primeiro ano e não é a toa que a qualidade da série aumentou bastante nesse inívio de temporada. Eu como fã de Firely nem consigo esconder a emoção de ter visto os dois atores da finada série do Joss Whedon, então só isso já bastava pra ser um episódio marcante. Mas além disso o episódio tem várias cenas bacanas e momentos entre a Myka e o Pete de nos fazer cair de tanto rir. Já aguardo os outros episódios!

    Ah tô curtindo muito teus reviews de Warehouse 13, eles foram decisivos pra me convencer a deixar algumas séries de lado e dedicar umas horinhas pra ver o primeiro ano da série. Continue com os reviews!

    • camilapicheth disse:

      Pois é, a temporada começou super bem. São poucas as séries que conseguem trabalhar tão bem com referências e citações, e esse episódio teve de tudo; desde o mundo HQ até um sutil Doctor Who.
      Fico muito feliz que vc esteja gostando das reviews. Warehouse 13 é uma das minhas séries favoritas, e com certeza farei os textos até o fim de temporada!

  2. great experience, dude! thanks for this great post wow… it’s very wonderful report.

  3. […] Check out my portuguese (Brazil) version of the recap: Serial Cookies […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: