Quintas de Baunilha

18/02/2010

Atenção: Spoilers Abaixo

Grey’s Anatomy – 6×14: Valentine’s Day Massacre

Sempre fico entusiasmada para assistir episódios comemorativos, e nenhum outro tipo de série ganha das médicas quando a categoria é Valentine’s Day (Dia dos Namorados). Assim como Mercy, esse episódio de Grey’s foi um dos melhores da temporada. A graça e a poesia da trama aparece logo no começo, com Christina e Meredith no carro reclamando para Owen e Derek como elas não comemoram a data. Então, para salvar a noite das amigas, o telhado de um grande restaurante despenca, levando várias vítimas para o hospital. Todos os personagens foram bem trabalhados e estavam ótimos, seja Lexie loira com uma nova atitude, Bailey perdendo as palavras por um jovem médico, Meredith aprendendo mais sobre o que é um casamendo e tendo que lidar com o título “Mrs. Shepherd” e Teddy decidindo fazer de tudo para ter seu melhor amigo de volta. No entanto, a trama mais emocionante ficou com Mark e seu desejo por ser pai. Ele já foi danificado quando Addison resolveu fazer um aborto, e agora Sloan Sloan (ou Sloan Riley, que era a Riley de Terminator: SCC) terminou o estrago ao fazê-lo acreditar que poderia ter seu bebê e fugir sem lhe dar satisfação. A cena em que Mark acha que Torres está arrumando o berço, mas na verdade ela está o desmontando foi de cortar o coração. Um ótimo episódio. Palmas para Shonda Rhimes.

Anúncios

Quartas de Canela

17/02/2010

Atenção: Spoilers Abaixo

Mercy – 1×14: I Have a Date

Uma palavra descreve o começo do episódio: Awcuard! Veronica acidentalmente terminando com Gillan por Chris e Chloe e Angel sendo colocados pra trabalhar na emergência do hospital foi um ótimo teaser, e mal sabíamos o que viria a seguir. A personagem de Michelle Trachtenberg foi cativando aos poucos; e agora já se tornou minha favorita. Seu dia no andar térreo era tudo que Chloe precisava para se tornar uma enfermeira hardcore, assim como suas amigas. Essa trama ao estilo ER foi ótima, fazendo altas referências ao antigo seriado e deixando aquela sensação de nostalgia aos fãs das histórias dos doutores Greene, Carter, Lockhart, Kovac e cia. A parte de Sonia foi pequena e fraca, comparada aos eventos de Chloe e Veronica. Serviu mais para desenvolver a relação entre a enfermeira com Lauren e seu filho. E quem ficou com a parte mais tensa da história foi a protagonista da série. O breve arco com a atendente Deanna e o assaltante teve um final trágico, levando a um cliffhanger pesado. Definitivamente não foi o Valentine’s Day que Veronica esperava.


Happy Valentine’s Day

14/02/2010

Para comemorar o dia de São Valentin (Dia dos Namorados nos EUA e em outros países), juntei cinco episódios de séries que se passam durante tal data. Tem histórias para todos os gostos: bonitinha, engraçada ou dramática.

Vineyard Valentine – Gilmore Girls (6×15)

Lorelai, Luke, Rory e Logan viajam até Martha’s Vineyard para passar o fim de semana do dia dos namorados. Além do episódio acontecer fora de Stars Hollow, outra peculiaridade da trama é a ida dos quatro até uma academia de ginástica.

All In The Family – ER (6×14)

Em um dos episódios mais marcantes da série, esse dia dos namorados não foi nada bom para os que trabalhavam no hospital. Carter e Lucy são atacados por um paciente esquizofrênico e toda a equipe se mobiliza para tentar salvar a vida dos dois.

Bewitched, Bothered and Bewildered – Buffy (2×16)

Na época em que Buffy ainda tinha uma trama decente, tiradas inteligentes e episódios comemorativos legais, o dia dos namorados é lembrado com mais um feitiço que sai pela culatra. Depois que Cordelia termina com Xander, ele tenta recuperá-la por meio de magia.

St. Valentine’s Day – 30 Rock (3×11)

Acidentalmente, Liz marca seu primeiro encontro com Drew no dia dos namorados. A partir de então tudo começa a dar errado, como um incidente com a porta do banheiro e uma revelação familiar. Enquanto isso, Jack planeja um jantar romântico com Eliza, mas as coisas não ocorrem como o plano quando ele é obrigado a ir à igreja.

The One With Unagi – Friends (6×17)

E é claro que Friends não poderia ficar fora da lista. Chandler e Monica comemoram o dia dos namorados duas semanas mais tarde, e combinam de fazer seus próprios presentes (os quais não são feitos por nenhum dos dois). Na mesma trama, Ross quer ensinar a Rachel e Phoebe uma técnica japonesa chamada “Unagi”.


Segundas de Amendoim

11/02/2010

Atenção: Spoilers Abaixo

House – 6×13: 5 to 9

Adoro quando são feitos episódios mostrando um segundo ponto de vista da trama original. Não pensei que apenas a rotina de Cuddy poderia preencher os quarenta e poucos minutos do episódio sem ficar cansativo, mas seu ritmo frenético torna isso possível (me lembrou o piloto de ER). O divertido foi vê-la tendo que lidar com vários assuntos, entre eles uma farmacêutica ladra sociopata e uma ambiciosa companhia de seguro, e ainda tendo as normais interrupções de House e sua equipe. E por falar em House, ele pode ser o motivo de muitos problemas na vida hospitalar de Cuddy, mas também oferece conforto – de um jeito um tanto estranho. Que Lisa iria perder o emprego ninguém acreditou, mas fiquei tensa durante toda a negociação com a Atlanticnet. É aquela coisa, você sabe o que vai acontecer, mas continua preocupado. Depois de ser chamada de bitch várias vezes, andar por todo o hospital, se preocupar com a filha, armar para a sociopata e conseguir seus 12%, Cuddy tem mais que gritar. Ótimo episódio.

The Big Bang Theory – 3×15: The Large Hadron Collision

No campo esquerdo, com um PhD e um QI de 187, Sheeeeldon Cooooper. No campo direito, vinda de Nebraska e atualmente trabalhando no Cheesecake Factory, Peeeenny. Façam suas apostas senhoras e senhores, pois o prêmio para essa disputa é uma viajem à Suiça. Nunca vimos Sheldon suplicar tanto para obter alguma coisas – desde o uso argumentos lógicos e racionais até uma tentativa de mostrar afeto, com suco, café e panquecas no formato de Frodo. Infelizmente para Sheldon, ele estava combatendo um inimigo invencível, e sem se importar com qualquer contrato ou apresentação de power point, Leonard estava decidido a levar Penny para esquiar no Valentine’s Day. Nesse episódio descobrimos mais um fato sobre a garota: ela não lê Dan Brown. Qualquer um que já tenha lido (ou assistido) Anjos e Demônios saberia o que é o CERN. Até eu ficaria curiosa para conhecer o acelerador de partículas…e para esquiar também. No entanto, a natureza é cruel (ou sábia) e ambos ficaram doentes demais para fazer a viajem. Ruim para Penny, Sheldon e Leonard. Bom para Koothrappali. FYI, eu definitivamente consideraria Rupert Murdoch o traidor número 1. Firefly era tão legal…

How I Met Your Mother – 5×15: Rabbit or Duck

O Valentine’s Day continua em HIMYM, assim como o Super Bowl. Achei criativa a nova maneira de Barney se auto-promover (CBS), mas isso criou um mal que ninguém poderia ter previsto. Um mal capaz de atravessar o tempo e destruir vidas. Um mal que deveria ser destruído. Nossos heróis foram Lily e Marshall que, sem pensar duas vezes, destruíram o anel celular. Só faltou o Barney falar “My precious”. Quanto ao debate do coelho ou pato, fico do lado de Marshall. Coelhos são fofinhos e patos mordem sua mão (memórias do passado), então o coelho deveria ser o bom. Se eu estivesse no MacLaren’s, Marshall teria ganhado a discussão. Ted resolveu dar um salto de fé e ter um casamento arranjado, o que obviamente não funcionou (se não fosse o celular teria dado certo). Robin ficou um pouco menos chata, mas ainda dá pra melhorar bastante. E o legado das técnicas do Barney continuam internet a fora.