Warehouse 13 – 2×01: Time Will Tell [Season Premiere]

08/07/2010

É isso aí, pessoal. Warehouse 13 está de volta com artefatos legais, alterações na abertura (adoro séries que se dão o trabalho de mexer na abertura a cada temporada) e uma nova super personagem.

Spoiler Alert!

A trama continua do ponto que terminou na temporada passada; com McPherson fugindo do Warehouse e Artie sendo consumido pelas chamas. Mas, como esperávamos, Artie tinha uma carta na manga, ou melhor, uma fênix no bolso. A partir de então, Artie vai atrás de Claudia, a qual está indo para o CERN e Myka e Pete fazem 3 descobertas de explodir a cabeça: 1) Outra pessoa foi “desbrozeada” 2) Essa pessoa é H.G. Wells 3) H.G. Wells é uma mulher! E quem melhor para interpretar uma mulher vitoriana com idéias inovadoras muito além de seu tempo? Jaime Murray (aka Lila Tournay de Dexter)!

Então Wells leva Pete e Myka até uma armadilha de antigravidade e foge com sua criação de imperceptibilidade; Artie e Claudia encontram Joshua no CERN e perdem McPherson, que foge com uma mala com antimatéria; e todos voltam para o Warehouse: McPherson e Wells para entrar no criativo cofre de Escher e Pete, Mika, Cladia e Artie para impedí-los. No final, Wells mata McPherson e some após recuperar seu medalhão e anel, Srta. Frederic descobre que Leena estava sendo controlada pela “pérola da sabedoria” e Claudia volta para o time Warehouse e ganha o Farnsworth do próprio Farnsworth.

Sim, a história é ótima, mas o que realmente me faz vibrar com essa série são as referências a filmes, livros, citações épicas (Boom goes the dynamite/ I could’ve been a scientist) e versões alternativas da história. E quanto a H.G. Wells, antes de tachá-la de grande vilã, vamos analisar seu ponto de vista. Ela possui uma mente extremamente criativa, escreve livros fantásticos e não pode usufruir do estrelato? Se eu tivesse escrito A Máquina do Tempo, A Ilha do Dr. Moreau, A Guerra dos Mundos, O Homem Invisível e meu irmão levasse a fama, também estaria muito brava. Sem contar que, por motivos ainda não revelados (e aposto que são injustos), ela fica consciente e imóvel durante 64 anos. Desculpe Artie e cia, mas minha simpatia está do lado da gloriosa Srta. Wells. E quem mais está super curioso para saber o que ela estava escrevendo no final do episódio? Seria um plano infalível para derrubar aqueles que a aprisionaram ou o livro mais genial já escrito? Quem sabe os dois?

Só digo uma coisa: Warehouse 13 é a única série em que o fato de H.G. Wells e Pete se beijarem não é algo bizarro nem gay.

Recap também disponível em inglês no Spoiler TV