Quintas de Baunilha

07/05/2010

Fringe – 2×19: The Man from the Other Side/ 2×20: Brown Betty

Spoiler Alert!

Dizer que Fringe está cada vez melhor já se tornou repetitivo e desnecessário; então fica subentendido. Quando shapeshifters do universo paralelo atravessam para o nosso mundo e atacam um casal de jovens, cabe aos três mosqueteiros descobrir suas intenções em The Man from the Other Side.
Pela interferência estática em algumas televisões, é descoberto que os dois mundos estarão em perfeita sincronia às 15h31. Após interrogar o (bizarro) shapeshifter defeituoso e juntar essas informações com a teoria de Walter dos universos, eles descobrem que Newton pretende fazer a travessia de algo na ponte no rio Charles.
O crescente afeto de Peter por Walter permitiu que nesse episódio ele o chamasse de “pai”. Infelizmente, todo esse sentimento foi revertido quando Peter finalmente descobre que ele não é desse mundo. Foi de doer o coração quando Walter chega todo feliz no quarto do hospital e Peter o corta com sua cara séria e sua fala “Eu não sou daqui, sou?”. E que tal a Olivia toda esperta? Descobriu que a travessia seria feita no rio porque a água absorveria a energia excedente e percebeu que o policial era um agente de Newton. Way to go, girl!
No entanto, o que nossos heróis não sabem é que o importante do plano não era a ponte em si, mas a chegada do Secretário. E se me perguntarem, todas minhas fichas estão no Walternativo. Pais são capazes de fazer qualquer coisa para terem seus filhos de volta; e esse derrubará fronteiras universais para recuperar o seu. Sem contar que o shapeshifter interrogado cooperou demais, ainda se desculpando com Walter. Certeza que ele achou que estava falando com o Secretário.

O grande musical de Brown Betty realmente foi legal, mas convenhamos que não foi bem musical. Um filme (no caso episódio) musical tem como definição “narrativa que se apóia predominante ou exclusivamente sobre uma sequência de músicas coreografadas”. O que nós tivemos foi pequenos segmentos em que as personagens cantam (e um com três cadáveres). As músicas ficaram boas (principalmente a do Broyles e da Astrid), mas não acho que seja o suficiente para se tornar um musical (e o que aconteceu com a música que a Nina iria cantar para Olivia?). Deixando esse fato de lado, realmente gostei do episódio.
A trama envolveu tudo que um film noir necessita: investigação, mistério, romance, uma personagem feminina forte e um senso de moralidade relativo. Sem contar o coração/ bateria de vidro, o laser quântico e o dispositivo perfurador de paredes.
Achei interessante que a vulnerabilidade de Olivia veio à tona na história. Não é sempre que vemos a agente do FBI dizendo que gostaria de ter alguém que a abraçasse e a levasse para dançar. Também gostei da dinâmica entre Walter e Ella e da perspectiva “observadores malvados”, principalmente porque ainda não sabemos direito seus objetivos. E isso nos leva às perguntas: “com quem o Observador estava falando no final do episódio” e “qual é o aviso que Walter não se lembra”. Aparentemente Peter será uma parte crucial do final da temporada.


Promo Fringe 2×20: Brown Betty

27/04/2010

Uma palavra para definir o episódio músical de Fringe: AWESOME!


Quintas de Baunilha

22/04/2010

Spoiler Alert!

Fringe – 2×16: Peter

Flashbacks sempre são divertidos, e Fringe novamente leva um conceito a um novo nível. O episódio me ganhou logo no começo, quando Walter aparece todo bonitão com um cabelo estiloso. Ele está numa reunião em 1985 com os militares, mostrando a descoberta do universo alternativo e suas tecnologias. William Bell não se encontra na reunião porque está na Europa (se preparando para atuar em Star Trek IV: A volta para casa). Esse é o ponto de inicío da história que Walter conta a Olivia; a história de como o “outro” Peter passou para o nosso mundo, mesmo que a proposta inicial não fosse essa.
Quando Peter ficou doente, Walter observou Walternativo em busca de uma cura. Infelizmente, o Peter da nossa realidade estava fraco demais, e morreu antes da cura ser descoberta. Walter tenta seguir em frente, e sua esperança é que Walternativo consiga salvar o filho restante. É nessa hora que o Observador bobão estraga tudo, sendo descoberto no laboratório e fazendo com que Walternativo não veja que seu experimento deu certo. No entanto, Walter vê o resultado, e decide atravessar para o outro mundo com a cura.
Nina e Carla tentaram impedir Walter, mas o rasgo na barreira é feito e Nina perde sua mão. O frasco com o composto é quebrado, e ele é forçado a trazer Peter para seu mundo. A travessia de volta é feita, e Peter deixa a realidade onde Elizabeth é mais independente e aparentemente bem sucedida e que De Volta para o Futuro foi protagonizado por Eric Stoltz. Mas toda a energia absorvida pelo lago deixa o gelo fino, e ambos caem na água. Esse é o evento que tanto foi contado na temporada anterior, em que o Observador interfere na história e salva os Bishops (o Observador faz aquele lance de falar junto para mostrar superioridade ou só para ser irritante mesmo?). Uma vez que Peter está curado, Walter pretende levá-lo de volta, mas a expressão nos olhos de sua esposa revela seu próprio sentimento: Ele não irá perder seu filho pela segunda vez.
É, Karl Marx estava certo ao dizer que o caminho do inferno está pavimentado de boas ações.

Vai um Slusho?


Fringe: Fotos do Musical

16/04/2010

Dia 29 de Abril, estreia nos Estados Unidos o episódio musical de Fringe que tanto se ouviu falar. Em um estilo noir e com todos os personagens principais cantando, “Brown Betty” promete ótimos momentos. Confira as fotos que a FOX divulgou:






Será tão bom quanto “Once More With Feeling”, de Buffy?


Promo Fringe 2×16: Peter

28/03/2010

Fringe retorna com novos casos nesta quinta-feira. Confira o trailer do episódio em que ficamos sabendo mais sobre o passado de Peter:


Walter, Segredos e Multiversos

26/03/2010

Em uma chamada em conferência, John Noble (Walter) revelou grandes segredos sobre o episódio pós hiatus “Peter”, o resto da segunda temporada e até algumas coisas da terceira.

Super Spoiler Alert!!!

O episódio do dia 1º de Abril terá flashbacks que nos levam até 1985, quando Walter ainda era um homem são (ou quase) que acabara de perder seu filho. Será mostrado que a história é mais complicada do que pensamos, e que Walter não pretendia sequestrar Peter multiversado. Noble diz que há uma grande revelação no final da trama, e que esse cliffhanger irá gerar a tensão dos últimos oito episódios.

A pressão de Olivia para Walter contar a verdade ao seu filho nos encaminha até o episódio especial musical, que é quando Walter decide ser honesto com Peter. Ao ficar sabendo de sua verdadeira origem, o tom das histórias fica diferente, pois Peter se sente extremamente perplexo, indignado e humilhado. John afirma que a relação entre Peter e Walter muda, e que ela só voltará ao normal na terceira temporada, e que mesmo assim não será a mesma. Já a ligação entre Peter e Olivia não é danificada.

O ator revela que muitas coisas que o público quer irá acontecer nos últimos episódios, e que a season finale terá uma virada fazendo com que os personagens passem bastante tempo no outro universo durante a terceira temporada. Quem lembrou do final de Terminator: The Sarah Connor Chronicles? o/

O episódio que irá ao ar na próxima semana nos Estados Unidos foi gravado com lentes especiais, para parecer um filme dos anos 80. A abertura será diferente, mostrando coisas que eram consideradas ficção científica, mas que se tornaram realidade.


Séries para Leigos: Fringe

20/01/2010

Tudo começa com um acidente aéreo bizarro. O FBI é chamado quando um avião pousa em Boston e seus passageiros não estão apenas mortos, mas derretidos.

Os agentes John Scott e Olivia Dunham estavam investigando o caso, porém quando John é atingido pelo composto sintético que matou as pessoas do avião, Olivia trabalha com as duas únicas pessoas que podem ajudá-la a salvar seu parceiro: Walter e Peter Bishop.

É assim que os três entram para a Fringe Division, divisão do FBI que investiga e soluciona casos estranhos, relacionados com “o padrão”.

O padrão

Em torno de um ano, fatos incomuns, como pessoas desaparecendo e reaparecendo anos depois sem mudar nada, começaram a acontecer ao redor do mundo. Esses acontecimentos são chamados de “O padrão”; é como se alguém estivesse fazendo experiências e usando o planeta como seu laboratório pessoal.

As personagens

Olivia Dunham – Agente do FBI que lidera os casos peculiares da Fringe Division.

Walter Bishop – Durante a década de 70, dividiu um laboratório com William Bell, fazendo experimentos científicos inovadores para o governo. Após um incêndio no laboratório, Walter foi condenado a uma instituição psiquiátrica, na qual ficou trancado durante 17 anos.

Peter Bishop – Filho de Walter, Peter foi contatado por Olivia para que ela pudesse ter acesso ao seu pai no manicômio. Ajuda Walter com os experimentos e “traduz” a linguagem científica falada por ele para uma linguagem que os seres humanos normais possam entender.

Astrid Farnsworth – Agente do FBI assistente de Olivia. Auxilia Walter no laboratório.

Nina Sharp – Vice-presidente da Massive Dynamic. Enquanto William Bell está “fora do país”, ela auxilia nas investigações de Olivia quando requisitada. Possui grande conhecimento sobre o padrão.

Phillip Broyles – Dirige a Finge Division. Divide segredos com Nina e também sabe mais sobre o padrão do que revela.

Charlie Francis – Agente do FBI que auxilia Olivia nas investigações.

William Bell – Enquanto Walter foi para um manicômio, William fundou a multibilionária empresa Massive Dynamic,.

O Observador

Em todos os eventos relacionados com o padrão, o observador está sempre presente, vigiando o local (ele aparece em todos os episódios). Ainda não se sabe o porquê de sua presença, de onde vêm e qual o seu objetivo.

Em duas diferentes ocasiões, o observador já entrou em contato com Walter, revelando que os dois já dividem uma história mais antiga.

É provável que existam outros observadores, como se fosse uma “raça”.

ZFT

Acontecimentos do padrão que pareciam casos isolados começam a fazer sentido quando se descobre a existência de uma célula bioterrorista chamada ZFT. Ela trafica progressos científicos, como o incidente do avião.

Mais tarde é revelado que ZFT é o nome de um manuscrito que, em alemão, significa “Destruição pelo Avanço da Tecnologia”. O grupo segue o texto como um tipo de bíblia, o qual fala sobre a destruição de outras realidades e sobre o recrutamento de soldados para a grande guerra.

O manuscrito foi redigido pela máquina de escrever de Walter, sugerindo que William Bell poderia tê-lo escrito, ou talvez, até o próprio Walter.

Astro, Asteroid, Asterisk, Aspirin

Walter Bishop é sem dúvida um gênio, principalmente da ciência do impossível. No entanto, é incapaz de dizer corretamente o nome de Astrid ou lembrar-se de certas memórias. Isso aparentemente foi causado pelos anos que Walter ficou no hospício.

Ao decorrer dos episódios, Walter relembra de mais fatos e fica claro que ele pode não ser tão inocente quanto aos acontecimentos do padrão e da própria ZFT.

Easter Eggs

O telespectador atento percebe que sempre há uma pista em um episódio sobre o próximo. Elas podem ser visíveis, como a do episódio 15 (Inner Child), na qual uma personagem tem uma tatuagem de uma quimera (criatura mítica formada pela mistura de outros três animais), o que remete ao episódio seguinte, no qual há um monstro com tal característica. A pista também pode estar bem escondida, como um desenho pintado em um toldo ou uma palavra em uma placa do metrô.

Outros elementos também são escondidos nos episódios, como a bebida fictícia Slusho, uma passagem da Oceanic Air e o famoso número 47. J.J. Abrams tem certa fixação por esse número, usando-o várias vezes em outras de suas séries. Com Fringe não poderia ser diferente; o 47 está sempre presente, seja no número de um ônibus, o andar de um prédio ou o horário de um relógio.

O final

No final da primeira temporada, temos algumas respostas, como o objetivo do grande vilão David Robert Jones. Mas se tratando de uma série de J.J. Abrams, terminamos o último episódio surpresos e com muitas outras dúvidas.